Rosa Luxemburg

berlimvip-berlim-rosaluxemburgComo hoje é o Dia Internacional das Mulheres, resolvi escrever sobre uma mulher que marcou a história alemã. Rosa Luxemburg foi uma filósofa e economista marxista polonesa/ alemã que ficou mundialmente conhecida pela sua luta pelas reformas sociais, pela luta de classes e por ter sido uma das fundadoras do Partido Comunista da Alemanha.
Em 1897, Rosa se casou por conveniência com Gustav Lübeck a fim de obter a cidadania alemã e mudou-se para Berlim, se juntando ao Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD).
Em 1915, quando o SPD resolveu apoiar a participação alemã na Primeira Guerra Mundial, Rosa Luxemburg fundou, ao lado de Karl Liebknecht, a Liga Espartaquista com o objetivo de instaurar a revolução socialista na Alemanha.
Prestes a perder a Primeira Guerra Mundial, o Kaiser Wilhelm II foje para a Holanda. O país fica então nas mãos dos militares, que passam o poder para o SPD, que negocia a paz com os aliados (ou seja, eles aceitam a derrota da Alemanha na guerra). O Império Alemão chega ao fim e tem início a República de Weimar. Durante esse período Rosa continuou fazendo política, foi presa algumas vezes e escreveu vários artigos e livros.
Em dezembro de 1918, a Liga aderiu à Comintern e tornou-se o Partido Comunista da Alemanha (Kommunistische Partei Deutschlands, ou KPD) provocando vários confrontos com a polícia. Em 1° de janeiro de 1919, o KPD tentou iniciar uma revolução comunista em Berlim. A revolta foi brutalmente esmagada pelas Freikorps, milícias de direita composta por veteranos da Primeira Guerra que defendiam a República de Weimar e que mais tarde iriam apoiar os Nazis. Rosa Luxemburgo, Liebknecht e alguns de seus seguidores foram capturados e assassinados pelos Freikorps. Luxemburgo foi fuzilada e seu corpo jogado no Landwehr Canal, em Berlim.
Na foto, o memorial em homenagem à Rosa Luxemburg no Berliner Landwehrkanal, no Tiergarten.

Os comentários estão desativados.

Facebook
Facebook
Google+
Twitter
Visit Us
Instagram