Estação Ferroviária de Hamburgo – Museu Hamburger Bahnhof – Hamburger Bahnhof- Museum für Gegenwart

berlim-vip-museu-hamburgerbahnhofConcebida por Friedrich Neuhaus em 1846, a estação de Hamburgo é uma das mais antigas estações de longa distância de toda a Alemanha e conectava Berlim a Hamburgo (por isso recebeu esse nome).
Porém, após apenas 37 anos, em 1884, quando a Estação Central (Hauptbahnhof) foi inaugurada, ela caiu em desuso e em 1906 foi transformada no Museu de Construções e Transportes Públicos, ou Lokomotivemuseum.
Em 1944, o museu foi bombardeado e apesar de suas obras não terem sido danificadas, ele permaneceu fechado até meados dos anos 80 quando o empreendedor e colecionador Erich Marx resolveu doar a sua coleção particular à cidade de Berlim.
Foi então, que o senado decidiu que o espaço deveria ser revitalizado e transformado em um museu de arte contemporânea para receber as obras de Marx, e o espaço foi transformado numa extensão da National Gallery, intitulado de “Museu do Presente”, totalmente dedicado a abrigar a “arte dos vivos”, com obras criadas a partir da década de 1960.
E em 1996 o museu reabre com uma espetacular coleção de arte contemporânea. A sua coleção permanente é parte da coleção de Marx e tem obras de Andy Warhol, Roy Lichtenstein, Joseph Beuys, Gerhard Richter e Anselm Kiefer, entre outros.
Em destaque, o quadro Mao (1973) de Anselm Kiefer (veja a foto abaixo), que se transformou num dos “ícones” do Hamburger Bahnhof.
O museu Hamburger Bahnhof ocupa uma área de 13 mil metros quadrados e é atualmente um dos museus de arte contemporânea mais conceituados do mundo.
A fachada principal do prédio foi construída no estilo neoclássico e recebeu posteriormente a bela instalação de luz do artista norte-americano Dan Flavin que contrasta o antigo com o novo.
E nos seus jardins encontra-se o Sarah Wiener, um charmoso Café/Restaurante, que oferece um delicioso café-da-manhã, tortas e pratos quentes.
Esse é sem dúvida um local muito interessante que merece ser visitado pelos amantes da arte contemporânea, além de ser uma ótima opção para os dias frios do inverno de Berlim.

 

Os comentários estão desativados.

Facebook
Facebook
Google+
Twitter
Visit Us
Instagram